_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

logo_uranio_filmes_branca.png

 

A Urânio Filmes é uma produtora independente brasileira com sede na cidade do Recife que investe em projetos originais e no desenvolvimento de roteiros fortes e autênticos. Fundada pelo Produtor/Diretor Tiago Melo e pelo Produtor Gustavo Montenegro, a empresa também executa um trabalho especializado em licenciamento musical/iconográfico.

 

O currículo da Urânio Filmes se mistura com a atuação e experiência de seu sócio proprietário Tiago Melo como produtor associado aos filmes: “Boi Neon” de Gabriel Mascaro, “Aquarius” de Kleber Mendonça Filho, “Animal Político” de Tião e “Açúcar” de Renata Pinheiro.

 

Na produção da Urânio Filmes, destaca-se a série Encanteria, composta por 4 documentários de longa-metragem que tem como tema central a religiosidade popular brasileira. Os filmes estão em fase de lançamento em festivais, tendo destaque na 19o Mostra de Cinema de Tiradentes em 2016, recebendo ótimas críticas da imprensa, incluindo a do cineasta Vladimir Carvalho.

 

Atualmente a Urânio Filmes se dedica especialmente a 6 projetos já contemplados em editais. A finalização do longa-metragem de ficção “Azougue Nazaré” (direção e roteiro de Tiago Melo), aprovado no 8o edital de Audiovisual de Pernambuco + suplementação do FSA. A pré-produção do “Yellow Cake” (direção e roteiro de Tiago Melo), aprovado no 9o edital de Audiovisual de Pernambuco + suplementação do FSA, com filmagens previstas para o final de 2017. Ambos são coproduções com a Lucinda Filmes. Recentemente, no Prodav 05 da Ancine, a Urânio aprovou para desenvolvimento o longa documentário “Um Romance Que Ninguém Leu” (direção de Gustavo Montenegro) e o longa de ficção “Estrada Irineu Serra” (direção de Tiago Melo em parceria com Pedro Sotero). Também já aprovado no 9o edital do Audiovisual de Pernambuco, a Urânio irá produzir em 2017 o curta-metragem “A Nave de Mané Socó” com direção de Severino Dadá. Conhecido como o cangaceiro da moviola, Dadá, um dos mais importantes montadores do cinema brasileiro faz sua estreia na direção de ficções. Em fase de captação de recursos, está “O Amuleto de Ararun”, terceiro longa-metragem de ficção dirigido por Tiago Melo.

​                                                Sócios

 

---------------------------------------------------